Preparação Física no Voleibol








A plasticidade e a constante passagem de situações entre defesa e ataque, despertam um enorme interesse do público, levando a uma grande atividade econômica dentro de nosso país. O voleibol se tornou um dos jogos esportivos mais praticados no mundo com mais de 200 milhões de jogadores. Esse fator se dá pelo esporte requerer uma quantia mínima de implementos e uma variável situação nos níveis de habilidades.

A preparação física básica deve construir um alicerce que permite ao atleta suportar cargas de treinamento mais intensas, condicionando-o para o período específico do treinamento, onde ele desenvolverá as capacidades físicas diretamente ligadas ao desporto As capacidades básicas, normalmente requerem um maior tempo de treinamento, já que devido a sua complexidade são mais difíceis de serem atingidas. Sendo assim, devem ser trabalhadas principalmente no início da preparação.

O voleibol é caracterizado pela alternância de atividades dinâmicas acíclicas, normalmente realizadas através de esforços máximos, por intermédio, principalmente, de saltos verticais, corridas com mudança de direção, com breves períodos de descanso, que ocorrem entre os rallis e intervalos entre os sets. As habilidades físicas e motoras necessárias para a sua prática são muitas e diversificadas, sendo mais complexas à medida que é maior o nível técnico dos atletas envolvidos na disputa

O treinamento físico se realiza para o aprimoramento das capacidades motoras, melhorando o nível de desempenho em atividades musculares específicas. O treinamento físico é uma repetição sistemática de movimentos que produzem reflexos de adaptação morfológica e funcional, com o objetivo de aumentar o rendimento num determinado espaço de tempo.

Os atletas do voleibol, com a evolução atual do jogo, foram obrigados a se tornarem jogadores mais atléticos, com movimentos que exigem muita velocidade e violência, sempre enfocando a habilidade. Hoje, devem ter uma estatura privilegiada, facilitando seus ataques e bloqueios. Com as mudanças para as regras atuais, o jogo passou a se tornar mais dinâmico, e as partidas quase nunca passam de uma hora e meia de duração, assim, o metabolismo predominante para a atividade realizada é composta por estímulos anaeróbios, ou seja, de máxima intensidade e curta duração.

Atividades para Aulas de Voleibol

Para incrementar o ensino do Voleibol, é importante que o professor tenha boas atividades para aulas de Voleibol para aplicação imediata. Aproveite a promoção, clique aqui e saiba mais!


Você não pode perder:

- Iniciação no Volei - Da escola para o clube, do clube para a seleção
- Voleibol: Como Montar Treinos Passo a Passo e + de 170 exercícios
- Como Montar Treinos de Voleibol: Da Iniciação ao Alto Rendimento - Com VÍDEOS e APOSTILAS
- 100 Atividades para Voleibol Escolar


Comente:

Nenhum comentário